Danos em pós-colheita de goiabas na Região do Centro-Oeste Paulista

Resumo

Postharvest diseases represent a serious drawback to guava crop, once they reduce quality and quantity of fruits for marketing. This study identified and quantified mechanical injuries resulting from the processes of harvesting and transporting of guavas and the incidence of postharvest diseases and pests in 'Pedro Sato' guava commercialized at CEASA/Bauru and in 'Pedro Sato' and 'Paluma' guavas cultivated in the Midwest Region of the State of São Paulo. Guava fruit collected at four harvest stages (harvest with gloves, harvest bag, tractor trailer and packing table) and at a wholesale market (CEASA) were stored for nine days at 25 ºC. The incidence of damages was visually evaluated every three days. The occurrence of rot fruit was higher in Pedro Sato cultivar (92.0% to 96.6%) than in 'Paluma' (77.1%) at the end of storage period. Anthracnose was the main disease in the two cultivars, followed for the black spot. The incidence of mechanical injuries increased along the harvest stages; however, it was not related to the occurrence of rots. High infestation of fruit fly in 'Paluma' guava was also verified. As doenças pós-colheita representam sério obstáculo à cultura da goiaba, uma vez que comprometem a qualidade e a quantidade dos frutos para comercialização. Neste estudo, foram identificadas e quantificadas injúrias mecânicas decorrentes dos processos de colheita e transporte das goiabas. Além disso, avaliou-se a incidência de doenças pós-colheita e pragas em goiabas da cultivar 'Pedro Sato' comercializadas na CEASA-Bauru e em goiabas das cultivares 'Pedro Sato' e 'Paluma' de pomares do Centro-Oeste paulista. Os frutos de goiaba amostrados em quatro etapas da colheita (colheita com luva, sacola do colhedor, contentor e barracão) e na CEASA foram armazenados durante nove dias a 25 ºC. A incidência de injúrias foi avaliada visualmente a cada três dias. A ocorrência de frutos com podridões foi superior na goiaba 'Pedro Sato' (92,0% a 96,6%) comparada a 'Paluma' (77,1%) no fim do armazenamento. A antracnose foi a principal doença nas duas cultivares, seguida pela pinta-preta. A incidência de injúrias mecânicas foi crescente no decorrer das etapas de colheita, entretanto, não influenciaram no aparecimento das podridões. Elevada infestação de moscas-das-frutas foi constatada na goiaba 'Paluma'.


Descrição

Assunto

Colletotrichum spp, doenças pós-colheita, Guignardia psidii, Psidium guajava, Colletotrichum spp, Guignardia psidii, postharvest diseases, Psidium guajava

Citação

Coleções