Estimativa das frações dos carboidratos, da casca e polpa desidratada de café (Coffea arabica L.) armazenadas em diferentes períodos

Resumo

The coffee hull and pulp dehydrated carbohydrate fractions A, B1, B2 and C, were evaluated according to the CNCPS. Three coffee cultivars were evaluated: Catuaí, Rubi and Mundo Novo. Pulp was obtained by moist pulping in a mechanical pulper and dried in the sun adjusted to 13% moisture. Materials were stored in raffia bags in environment free of moisture and well ventilated. Samplings were taken every 90 days. The equations utilized for determining fractions were reported in the CNCPS model. There was an increase in the fraction A and B1 content and reductions in fractions B2 and C as the storage time increased. The Catuaí cultivar presented a higher fraction A value, compared to Rubi and Mundo Novo. Fraction B1 was greater in the cultivars Catuaí and Rubi compared to Mundo Novo. The cultivar Mundo Novo presented higher value for fraction B2 compared to the cultivars Catuaí and Rubi. No significant differences were found among the cultivars for fraction C. Coffee hull presented higher values for fractions A and B1 and lower for fraction B2 compared to dehydrated pulp, whilst fraction C was greater in the pulp as compared with coffee hull. The storage for 12 months changed the ratio of the carbohydrates, reducing the slow degradability and undegradable fractions and increasing the fast degradability fractions. Pulping process reduces sugars and pectin. Hull and pulp are materials with a high ratio of unavailable carbohydrates, which may limit its use in great amounts for ruminants. O objetivo do experimento foi estimar as frações A, B1, B2 e C dos carboidratos da casca e da polpa desidratada das cultivares de café Catuaí, Rubi e Mundo Novo. A polpa foi obtida pela despolpa úmida em despolpador mecânico e, em seguida, seca ao sol até 13% de umidade. Os materiais foram armazenados em sacos de ráfia em ambiente coberto, ventilado e seco, com amostragem em triplicata a cada 90 dias. As frações foram determinadas conforme descrito no modelo do CNCPS. Houve acréscimo no teor das frações A e B1 e redução nas frações B2 e C, à medida que se aumentou o tempo de armazenamento. A cultivar Catuaí, apresentou maior valor para a fração A, comparada a Rubi e Mundo Novo. Essa diferença chegou a 28%, em relação a Mundo Novo. A fração B1 foi maior nas cultivares Catuaí e Rubi, comparada a Mundo Novo. A cultivar Mundo Novo apresentou maior valor para a fração B2 comparada às cultivares Catuaí e Rubi. Não foi encontrada diferença significativa entre as cultivares na fração C. A casca de café apresentou maior valor para as frações A e B1 e menor para a fração B2 comparada à polpa desidratada, ao passo que a fração C foi maior na polpa em comparação à casca de café. O armazenamento por doze meses alterou a proporção dos carboidratos, reduzindo as frações de degradabilidade lenta e não degradável, em detrimento da fração de degradabilidade rápida. A casca e polpa são materiais com alta proporção de carboidratos indisponíveis, o que pode limitar a sua utilização em grandes quantidades para os ruminantes.


Descrição

Assunto

carboidratos solúveis, carboidrato não-degradável, CNCPS, casca de café, polpa de café, resíduo agrícola, soluble carbohydrate, undegradable carbohydrate, coffee hull, coffee pulp, agricultural residue

Citação

Coleções