Relações alométricas para estimativa da fitomassa aérea em pupunheira

Data

2004

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

Biomass estimates based on allometric relationships have theoretical and practical application. These data are useful tools in growth analysis experiments and yield prediction. Several equations were studied to define the best allometric fit to peach palm grown for heart-of-palm purpose. Spineless peach palms (Bactris gasipaes Kunth), from Putumayo landrace, were utilized. The experiment, in a 2 x 1 m planting density, was conducted at Ubatuba, São Paulo State, Brazil. Where 117 plants were selected, ranging from 0.22 to 5.04 m of main stem height, and from 2.23 to 27.06 cm of main stem diameter. Direct growth measurements were taken before plant harvesting. Harvested material was separated in different structural components and weighted before and after drying. Regression analyses were performed and different equations were applied to data, having as independent variables the traits easily measured. Peach palm biomass can be precisely estimated by allometric relationships. Main stem height, measured from ground level until first leaf insertion, was the ideal trait to indirectly estimate biomass in peach palm commercial cultivation. The contribution of the affshots biomass to the total above ground biomass, from planting to first harvesting is very low and can be neglected. A estimativa da fitomassa aérea da pupunheira (Bactris gasipaes Kunth) por meio de relações alométricas tem aplicação teórica e prática, sendo essencial em estudos de fisiologia de crescimento, bem como para identificar respostas e predizer a produção. No presente trabalho foram avaliadas diferentes equações buscando o melhor ajuste alométrico representativo da fitomassa da pupunheira cultivada para a produção de palmito. Foram utilizadas palmeiras inermes, da raça Putumayo, em diferentes estádios de desenvolvimento, cultivadas em Ubatuba (SP) no espaçamento de 2 x 1 m. Selecionaram-se 117 plantas, com alturas entre 0,22 e 5,04 m e diâmetros entre 2,23 e 27,06 cm. Medidas diretas, relacionadas ao crescimento, foram realizadas antes do corte. Em seguida as plantas foram separadas em diferentes partes estruturais, sendo medidas, pesadas e secas, obtendo-se a massa da matéria seca. Os dados foram submetidos à análise de regressão e ajuste de equações, tendo como variáveis independentes os caracteres facilmente mensuráveis e não destrutivos. A fitomassa da pupunheira pode ser estimada de forma precisa a partir de equações simples, valendo-se de relações alométricas. A altura da haste principal, medida do solo até a inserção da folha +1, foi o caráter preditório indireto ideal para estimar a fitomassa de pupunheiras em cultivo comercial. Identificou-se também que, do estádio de implantação ao início de colheita de palmito, a contribuição dos perfilhos para a fitomassa aérea total é pequena e pode ser desprezada.


Descrição

Assunto

Bactris gasipaes, biomassa, crescimento, perfilhos, pupunha, Bactris gasipaes, growth, heart-of-palm, pejibaye, offshoot

Citação

Coleções