Dinâmica populacional e incidência de moscas-das-frutas e parasitoides em cultivares de pessegueiros (Prunus Persica L. Batsch) no município de presidente prudente-sp

Resumo

The objectives of this research were evaluate the population dynamic and diversity of fruit flies (Diptera: Tephritoidea) on peach cultivars Tropical, Talisma, Aurora 2, Aurora 1, Dourado 2 and Doçura 2, under the rootstocks 'Okinawa' and Umê, in Presidente Prudente, São Paulo, Brazil. The dynamic population of fruit flies was correlated with temperature and precipitation. The fruit fly infestation was correlated with chemical characteristics of fruits. During July 2004 to December 2006, the fruit fly population was monitored weekly using McPhail traps. The natural infestation was estimated from 30 fruits of each cultivar collected per year. The experiment was conducted under randomized design with five replications. Ceratitis capitata was dominant on peach cultivars for the both rootstocks. No significant correlations were detected between the fruit fly densities and the temperature and precipitation, and the variables soluble solids and titratable acidity. Among peach cultivars, Aurora 2 presented the highest infestation by C. capitata, reaching 22% and 23%, in 2004 and 2006, respectively. Neosilba spp. (Lonchaeidae) was also recovered from peaches. Doryctobracon areolatus (Braconidae), Tetrastichus giffardianus (Eulophidae) and Pachycrepoideus vindemmiae (Pteromalidae) were recovered from Tephritidae pulparium. Esta pesquisa teve como objetivos avaliar a dinâmica populacional e registrar a diversidade de moscas-das-frutas (Diptera: Tephritoidea) em cultivares de pessegueiro Tropical, Talismã, Aurora 2, Aurora 1, Dourado 2 e Doçura 2, enxertadas sobre os porta-enxertos 'Okinawa' e Umê, em Presidente Prudente-SP. Foram realizadas as correlações da dinâmica populacional com a temperatura e a precipitação, e também a infestação com as características químicas dos frutos, Sólidos Solúveis e Acidez Titulável. No período de julho de 2004 a dezembro de 2006, a dinâmica populacional de moscas-das-frutas foi obtida através de coletas semanais de moscas-das-frutas em armadilhas McPhail, e a incidência foi determinada através da coleta de 30 frutos/planta/cultivar. O delineamento estatístico adotado foi o inteiramente casualizado, com cinco repetições. Ceratitis capitata foi predominante nas cultivares de pessegueiros estudadas. Não foi observada correlação significativa entre população de moscas-das-frutas e as variáveis de temperatura e precipitação, e sólidos solúveis e ácidez titulável. Entre as cultivares de pêssego, Aurora 2 apresentou maior infestação por C. capitata, da ordem de 22 e 23% nos anos 2004 e 2006, respectivamente. Também foi registrada a incidência de Neosilba spp. em frutos de pêssego. Doryctobracon areolatus (Braconidae), Tetrastichus giffardianus (Eulophidae) e Pachycrepoideus vindemmiae (Pteromalidae) foram recuperados de pupários de Tephritidae.


Descrição

Assunto

pêssego, porta-enxerto, dinâmica populacional, Tephritidae, Lonchaeidae, peach, rootstocks, population dynamic, Tephritidae, Lonchaeidae

Citação

Coleções