Soybean cultivar BR-16-AHAS tolerance to the herbicide imazapyr

Data

2008

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

The objective of this work was to evaluate the effect of the transgenic soybean BR-16-AHAS genetic constitution on the tolerance to the herbicide imazapyr. BR-16-AHAS was crossed with ten other genotypes. The experimental design was a complete randomized block, in a 2x12x3 factorial arrangement, with two sowing periods (winter and summer), twelve crossing groups and three plant positions (upper, mid and lower), with three replicates. The plants were treated with 100 g ha-1 a.i. of imazapyr at the V3/V4 stage. For each position of the plant (upper, mid and lower), the following variables were assessed: number of pods, number of seeds, seed weight, number of seeds per pod and the 100 seeds weight. The effect of the herbicide varied according to the more affected plant position (upper, mid and lower) of each genotype. The use of the same gene ahas of BR-16-AHAS, in various genotypes, results in materials with good tolerance to imazapyr; tolerance levels depend not only on the ahas gene, but also on the presence of other genes. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da constituição genética da soja transgênica BR-16-AHAS sobre a tolerância ao herbicida imazapyr. Dez genótipos foram cruzados com BR-16-AHAS. O delineamento experimental foi o de blocos completos ao acaso, em esquema fatorial 2x12x3, com dois períodos de semeadura (inverno e verão), doze grupos de cruzamentos de plantas e três posições (superior, médio e inferior), com três repetições. As plantas foram submetidas ao tratamento com imazapyr, 100 g ha-1 do i.a., nos estádios V3 e V4. Para cada posição da planta (superior, médio e inferior), foram avaliados: número de vagens, número de sementes, peso de sementes, número de sementes por vagem e peso de 100 sementes. Os efeitos do herbicida variaram quanto à posição da planta (alta, média e baixa) mais afetada em cada genótipo. O uso do mesmo gene ahas da BR-16-AHAS, em diferentes genótipos, resulta em materiais com boa tolerância ao imazapyr. O nível de tolerância depende não só do gene ahas, mas também da presença de outros genes.


Descrição

Assunto

Arabidopsis thaliana, Glycine max, epistasia, transformação genética, Arabidopsis thaliana, Glycine max, epistasis, genetic transformation

Citação

Coleções