Seroprevalence, spatial analysis and risk factors of infection with Neospora caninum in cattle in Brazil’s northern Pantanal wetland

Resumo

Abstract Neosporosis is caused by an obligate intracellular protozoan, Neospora caninum . It is considered one of the most widespread and frequent causes of abortion in cattle worldwide. To evaluate the prevalence of anti-N. caninum antibodies and associated risk factors, serum samples were collected from 2,452 bovines at 262 farms in the northern Pantanal, state of Mato Grosso, Brazil. Each farmer was asked to fill out a questionnaire for subsequent epidemiological data analysis. Anti-N. caninum antibodies were detected by means of the indirect immunofluorescent assay (IFA), using a cut-off dilution of 1:100. The overall anti-N. caninum antibodies prevalence was 25.44% (Confidence Interval - CI 95%; 20.10%; 30.78%), and the anti-N. caninum antibodies prevalence per herd was 76.72% (CI 95%; 71.60%; 81.84%). The presence of dogs, occurrence of abortion in cows, and sale of cattle for breeding were statistically associated with seropositivity in herds, while the risk of females being seropositive for N. caninum was higher in animals ≤ 6-years-old and in the presence of dogs. A spatial analysis indicated that the relative risk of the disease is spatially constant and that the farms with the highest prevalence of anti-N. caninum antibodies are located south of the region under study. Resumo Neosporose é causada por um protozoário intracelular obrigatório, Neospora caninum. É considerada uma das causas mais comuns e frequentes de aborto em bovinos em todo o mundo. Para avaliar a prevalência de anticorpos anti- N. caninum e fatores de risco associados, amostras de soro foram coletadas de 2.452 bovinos em 262 fazendas no Pantanal norte, estado de Mato Grosso, Brasil. Cada fazendeiro preencheu um questionário para posterior análise dos dados epidemiológicos. Anticorpos anti-N. caninum foram detectados por meio da reação de imunofluorescência indireta (RIFI), utilizando um ponto de corte de 1:100. A prevalência total de anticorpos anti-N. caninum foi de 25,44% (Intervalo de Confiança - IC 95%; 20,10%; 30,78%) e a prevalência por rebanho foi de 76,72% (IC 95%; 71,60%; 81,84%). A presença de cães, a ocorrência de abortamento em vacas e a venda de bovinos para reprodução estiveram estatisticamente associadas à soropositividade em rebanhos, enquanto, o risco de fêmeas serem soropositivas para N. caninum foi maior em animais com idade ≤ 6 anos e na presença de cães. A análise espacial indicou que o risco relativo da doença é espacialmente constante e que as fazendas com maior prevalência de anticorpos anti-N. caninum estão localizados ao sul da região em estudo.


Descrição

Assunto

Neosporose, anticorpos, epidemiologia, imunofluorescência indireta, Neosporosis, antibodies, epidemiology, indirect immunofluorescent assay

Citação

Coleções