Avaliação econômica do uso da restrição alimentar qualitativa para suínos com elevado peso de abate

Resumo

The objective of this work was to economically evaluate the use of the qualitative feed restriction for castrated male pigs during finishing phase by performance and carcass characteristics of 60 animals. Ten pigs were slaughtered at the beginning of experimental phase (89.0 ± 4.2 kg) and other pigs fed rations with levels of qualitative nutritional restriction (0.0, 5.0, 10.0, 15.0 and 20.0%), obtained by inclusion of finely ground rice hulls, until the end of the experiment (127.8 ± 2.9 kg). Feeding cost was calculated during the experimental period (R$feed) and gross income of each carcass of pigs slaughtered at 128.0 kg (GIpig128kg) was estimated at the beginning of experiment (GImean_pig89kg). From these three data, it was calculated the net income (NI) of the use of experimental diets (NI = GIpig128kg - GImean_pig89kg - R$feed). The monthly variation of the corn, soybean meal and pig prices were also analyzed and corn price was determined as the greatest impact factor over the profitability of qualitative feed restriction. The prediction equation of probability of the linear increase of net income by the use of qualitative restriction was determined in function of the corn prices - CP (P-valueNI = 0.392 - 0.625CP, R² = 0.73). Significant effect was observed for corn prices over four times the rice hulls cost. Thus, the viability of the use of qualitative restriction, up to 20% level, depends on the economic scenery and especially on corn price, the principal ingredient replaced in rations when the qualitative restriction is used, and its relation with the cost of residual product utilized to provide energetic dilution. O objetivo neste trabalho foi avaliar economicamente o uso da restrição alimentar qualitativa para suínos machos castrados em terminação sobre o desempenho e as características de carcaça de 60 animais. Dez suínos foram abatidos no início da fase experimental (89,0 ± 4,2 kg) e os demais, alimentados com rações contendo cinco níveis de restrição nutricional qualitativa (0, 5, 10, 15 e 20%), obtidas pela inclusão de casca de arroz finamente moída, até o final do experimento (127,8 ± 2,9 kg). Foram calculados os custos com alimentação durante o período experimental (R$alimento) e estimados os valores de receita bruta de cada carcaça de animais abatidos aos 128 kg (RBsuíno128kg) ou no início do experimento (RBmédia_suíno89kg). A partir destes três dados, foi calculado o resultado líquido (RL) do uso das dietas experimentais (RL = RBsuíno128kg - RBmédia_suíno89kg - R$alimento). Também foram analisadas as variações mensais dos preços do milho, do farelo de soja e do suíno, sendo determinado o preço do milho como o fator de maior impacto sobre a lucratividade do uso da restrição qualitativa. A equação de predição da probabilidade de aumento linear do resultado líquido pelo uso da restrição qualitativa foi determinada em função dos diferentes preços do milho - PM (valor de P RL = 0,392 - 0,625PM, R² = 0,73). Efeito significativo foi observado para preços do milho de cerca de quatro vezes ou mais acima do custo da casca de arroz. Assim, conclui-se que a viabilidade do uso da restrição qualitativa, até o nível de 20%, depende do cenário econômico, mas sobretudo do preço do milho, o principal ingrediente substituído nas rações ao empregar-se a restrição qualitativa, e de sua relação com o custo do resíduo utilizado para diluição energética.


Descrição

Assunto

custo, economia, qualidade da carcaça, receita bruta, terminação, carcass quality, cost, economy, finishing phase, gross income

Citação

Coleções