Estimativas da composição física das carcaças e do corpo vazio de amostras da 15ª progênie dos rebanhos Zebu e Caracu de Sertãozinho(SP)

Resumo

The body composition, in terms of percentages of muscle, fat and bone of carcass or empty body weight (EBW), was estimated in a sample comprised of 44 bulls, born in 1995, from the selected herds for weight at 378 days (W378) at Sertãozinho Experiment Station (SP-Brazil) and finished in a feedlot until slaughter. The sample of each herd, representing it's mean for W378, was 9 for each group, Gir (Gi); Nellore (NeS); Control Nellore (NeC), Caracu (Ca) and 8 for Guzerá (GuS). The slaughter was at 580 days of age with a body condition score averaging 8 (1-9 scale). The estimates were obtained either by predicting equations of muscle, fat and bone amounts (estimates 1) or percentages (estimates 2) utilizing the information of the 9th-11th rib section and other slaughter traits. Average values for the two estimates for muscle, fat and bone carcass percentages were: Gi (65.9; 18.2 and 15.8); GuS (64.1; 21.3 and 14.6); NeC (63.0; 21.2 and 15.7); NeS (62.6; 21.3 and 16.0) and Ca (64.2; 17.1 and 18.6). Correspondent values for % of EBW were: Gi (41.5; 11.5 and 10.0); GuS (39.1; 13.0 and 8.9); NeC (40.0; 13.5 and 10.0); NeS (39.4; 13.4 and 10.1) and Ca (39.4; 10.5 and 11.4). The selection for post-weaning weights, observed by comparing the two Nellore groups, did not promote any change on body composition of these animals. The muscle proportion for the animals of the other groups were also similar. The percentages of kidney and pelvic fat, related to EBW, were also similar among genetic groups but the carcass and EBW fat percentage were lower for Gi and Ca. The body composition estimates for the two kinds of equations were in agreement except for bone percentages in the Ca group. Foram estimadas as composições corporais físicas em termos de porcentagens de músculo, gordura e osso na meia carcaça esquerda e no peso vazio estimado (PVz), de 44 machos inteiros, nascidos em 1995 e terminados em confinamento, dos rebanhos selecionados para peso aos 378 dias (P378), da Estação Experimental de Zootecnia de Sertãozinho (SP). A amostra, representando a média de cada rebanho em P378, foi de 9 animais Gir (Gi); Nelore (NeS); Nelore Controle (NeC); Caracu (Ca) e 8 Guzerá (GuS). O abate ocorreu aos 580 dias de idade e condição corporal 8 (escala 1-9). As estimativas foram obtidas por meio de equações estimadoras de quantidades (estimativa 1) de músculo, gordura e osso e porcentagens diretamente (estimativa 2) utilizando informações do corte entre a 9ª e 11ª costelas e outras características de abate. Os valores médios das duas estimativas para percentagens de músculo, gordura e osso na meia carcaça foram: Gi (65,9, 18,2 e 15,8); GuS (64,1, 21,3 e 14,6); NeC (63,0, 21,2 e 15,7); NeS (62,6, 21,3 e 16,0) e Ca (64,2, 17,1 e 18,6). Valores respectivos para % em PVz foram: Gi (41,5, 11,5 e 10,0); GuS (39,1, 13,0 e 8,9); NeC (40,0, 13,5 e 10,0 ); NeS (39,4, 13,4 e 10,1) e Ca (39,4, 10,5 e 11,4). A seleção para peso pós-desmame, visualizada na comparação entre os grupos Nelore, não promoveu alterações indiretas na composição corporal desses animais. As proporções de músculo nos outros grupos genéticos foram semelhantes aos Nelore. As porcentagens de gordura renal e pélvica, em relação ao PVz, também não foram diferentes entre animais dos vários rebanhos, contrariamente à proporção de gordura na carcaça e em PVz, que foi menor em animais Gi e Ca. As estimativas de composição corporal, resultantes dos dois tipos de equações, foram razoavelmente concordantes, diferindo somente para porcentagem de ossos em animais Ca.


Descrição

Assunto

seleção, composição corporal, Gir, Nelore, Guzerá, Caracu, selection, body composition, Nellore, Gir, Guzerá, Caracu

Citação

Coleções