Avaliação da silagem de grãos de milho úmido com diferentes volumosos para tourinhos em terminação: desempenho e características de carcaça

Resumo

The objective of this trial was to evaluate the effects of feeding diets containing corn silage or sugarcane bagasse plus high moisture corn or dry corn grain on performance and carcass characteristics of finishing young bulls. Twenty-eight Santa Gertrudis young bulls averaging 10 months of age and 245 kg of body weight were assigned to a completely randomized block design with a 2 x 2 factorial arrangement of treatments. Animals were maintained in individual pens during 142 days and were fed sugarcane bagasse (12% diet DM) or corn silage (20% of diet DM) supplemented with two energy sources: high moisture corn or dry corn grain. The high moisture corn was grounded and ensiled with 70% of DM. There was no significant interaction between forage and corn type for any measured variable. Feeding sugarcane bagasse as the sole dietary forage source was satisfactory despite the reduced body weight gain, feed efficiency, carcass weight and dressing, and fat thickness compared to corn silage. The average daily body weight gain with feeding sugarcane bagasse was 1.3 kg while that with feeding corn silage was 1.5 kg. Intake of DM was not affected by forage type or corn source. High moisture corn improved feed efficiency by 9.7% and reduced liver weight compared to dry corn but no significant differences were observed for the remaining variables. O experimento foi realizado com o objetivo de comparar os efeitos do fornecimento de silagem de grãos de milho úmido com o milho em grão seco, associados à silagem de milho ou ao bagaço in natura de cana-de-açúcar, sobre o desempenho e as características da carcaça de bovinos em terminação. Em blocos ao acaso e esquema fatorial 2 × 2, 28 tourinhos Santa Gertrudes (dez meses de idade e peso corporal inicial de 245 kg) foram mantidos em confinamento durante 142 dias. Os animais foram mantidos em baias individuais e receberam dietas com 12 e 20% da MS em forma de bagaço ou silagem, respectivamente. O milho úmido foi moído e ensilado quando se encontrava com 30% de umidade. Não houve interação significativa tipo de volumoso x tipo de processamento do milho sobre as variáveis estudadas. O bagaço mostrou-se viável como fonte exclusiva de fibra, apesar de os resultados de ganho de peso, eficiência alimentar, peso e rendimento de carcaça e espessura de gordura subcutânea terem sido inferiores aos obtidos com a silagem de milho. O ganho diário de peso nos animais alimentados com o bagaço foi em torno de 1,3 kg, enquanto, com a silagem, foi de 1,5 kg. O consumo de MS não foi influenciado pelo tipo de volumoso ou pelo processamento do milho. O uso da silagem de grãos de milho úmido melhorou a eficiência alimentar em 9,7% e reduziu o peso do fígado quando comparado ao milho seco, mas não alterou as demais características avaliadas.


Descrição

Assunto

alto concentrado, bagaço de cana-de-açúcar, milho em grão seco, silagem de milho, corn silage, dry corn grain, high moisture corn, sugarcane bagasse

Citação

Coleções