Uso de reguladores de crescimento como potencializadores do perfilhamento e da produtividade em cana-soca

Resumo

The use of plant growth regulators as ripeners in sugarcane has been an agronomic practice with well solidified results. However, the residual effect of these products over the next ratoon is still not very well studied. This research aimed to evaluate the residual effect of two plant growth regulators, applied before the harvest, in the stool regrowth and productivity of three sugarcane genotypes. The experiment was carried out near Jaú (SP). The experimental design was a randomized complete block, in split-plot, with four repetitions, constituted by the genotypes IAC87-3396, IAC91-2195 and IAC91-5155, and by three crop management: 20 g ha-1 sulfomethuron-methyl; 480 g a.i. ha-1 ethephon and control. The growth regulators were applied 126 days before harvest. To quantify the action of growth regulators the following variables were evaluated: the number of tillers m-1 at 0, 90, 180, 270 and 360 days after the harvest; the final percentage of stalk number by meter in relation to the initial percentage; the mass of 10 stalks, the length and the diameter of stalks; the pol and the fiber% cane, the reducing and total recoverable sugars, and the productivity of stalks and sugar. It was concluded that there was stimulating effect on the emergency of tillering up to six months after the harvest. The ethephon promoted larger productivities of stalks and sugar. There were differences among genotypes in relation to growth regulators for stalk length. There was no effect on the technological quality over the subsequent ratoon crop. O uso de reguladores de crescimento como indutores da maturação em cana-de-açúcar tem sido uma prática agrícola com resultados bem solidificados. Entretanto, o efeito residual desses compostos na cana-soca seguinte é pouco estudado. Esta pesquisa objetivou avaliar o efeito residual de dois reguladores vegetais, aplicados antes da colheita, na brotação da cana-soca e na produtividade de três genótipos de cana-de-açúcar. O ensaio foi realizado na região de Jaú (SP). O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, em parcelas subdivididas, com quatro repetições, constituído pela combinação dos genótipos IAC87-3396, IAC91-2195 e IAC91-5155, e de três formas de manejos da cultura: sulfometuron-metil, 20 g ha-1; etefon, 480 g i.a. ha-1 e testemunha. A aplicação dos reguladores vegetais ocorreu 126 dias antes do corte das touceiras. Foram realizadas avaliações para quantificar o número de perfilhos m-1 aos 0, 90, 180, 270 e 360 dias após o corte; a porcentagem de colmos por metro final em relação à inicial; a massa de 10 colmos, o comprimento e o diâmetro médios dos colmos; a pol e a fibra % cana, os açúcares redutores e total recuperável, e a produtividade de colmos e de açúcar. Concluiu-se que houve efeito estimulante na emergência do perfilhamento até seis meses após o corte. O etefon promoveu maiores produtividades de colmos e de açúcar. Houve diferenças entre genótipos quanto à resposta do comprimento de colmos na cana-soca em relação aos reguladores vegetais. Não houve efeito sobre a qualidade tecnológica da cana-de-açúcar na cana-soca seguinte.


Descrição

Assunto

Saccharum spp., brotação da cana-soca, etefon, sulfometuron-metil, produção, Saccharum spp., ratoon emergence, ethephon, sulfomethuron-methyl, yield

Citação

Coleções