Milho verde: avaliação da resistência à lagarta da espiga, da espessura do pericarpo e outras características agronômicas

Resumo

The varieties IAC Azteca Centenário, IAC Maya Latente, IAC-1 and IAC-VD 2 and the hybrid Cargill 742 and Agroceres 162 were evaluated for resistance to corn earworm, pericarp thickness and other agronomic characters, in a trial planted at May 1987 in the Pariquera-Açu Experimental Station, State of São Paulo, Brazil. The earworm infestation was estimated by the revised Widstrom scale and the presence of caterpillar exit holes in the husk. The kernel pericarp was measured with a comparative watch, using kernels soaked in glicerol solution and dried kernels. The other agronomic characters studied were: final stand, plant and ear height husk percentage of the ear; number, yield, total weight and medium weight of commercial ears; grain weight; and resistance to Exserohilum turcicum (Pass.) Leonard and Suggs. Except for the IAC-VD 2, all varieties were less productive than the hybrids. In relation to E. turcicum, Cargill 742, IAC Maya Latente and IAC-VD 2 were resistant Agroceres 162 was intermediated; and IAC-1 and IAC Azteca Centenário were susceptible. Similar results were obtained with the evaluation methods to lhe earworm infestation - revised Widstrom scale and presence of caterpillar exit hole in the husk. IAC Azteca Centenário and IAC Maya Latente were respectively the less and the more damage by corn earworm. Pericarp thickness was higher in the kernel side, where the differences among cultivars were also higher. Agroceres 162 and IAC Azteca Centenário had thicker pericarp. Em Pariquera-Açu, SP, em maio de 1987, foi plantado um ensaio com o objetivo de avaliar as variedades IAC Azteca Centenário, IAC Maya Latente, IAC-1 e IAC-VD 2 e dois híbridos comerciais de milho verde, Agroceres 162 e Cargill 742, quanto à resistência à lagarta da espiga, espessura do pericarpo do grão e outros caracteres de importância agronômica. O ataque da lagarta foi avaliado utilizando-se a escala modificada por Widstrom e a contagem do furo de saída da lagarta. A espessura do pericarpo, medida através de um relógio comparador, foi retirada de duas posições de grãos embebidos em solução de glicerol e de uma posição em grãos secos. Outros caracteres agronômicos estudados foram: germinação e vigor das sementes usadas; estande final; altura da planta e da espiga; porcentagem de palha na espiga; número, rendimento, peso total e peso médio das espigas comerciáveis; peso de grãos e resistência a Exserohilum turticum (Pass.) Leonard e Suggs. As variedades, com exceção da IAC-VD 2, apresentaram produção inferior aos híbridos. Quanto ao ataque do E. turcicum, o Cargill 742, IAC-VD 2 e IAC Maya Latente foram resistentes, e 'Agroceres 162', intermediário, 'IAC-1' e IAC Azteca Centenário', suscetíveis. Os resultados obtidos pelos métodos de avaliação do ataque da lagarta da espiga - a escala de Widstrom e a contagem do furo de saída - foram equivalentes na discriminação dos genótipos. A 'IAC Azteca Centenária foi a mais resistente e a IAC Maya Latente, a mais suscetível. A espessura do pericarpo variou entre os genótipos, sendo maior no 'Agroceres 162' e IAC Azteca Centenário'.


Descrição

Assunto

milho verde, variedades, híbridos, Heliothis zea, espessura do pericarpo, Exserohilum turcicum, green corn, varieties, hybrids, Heliothis zea, pericarp thickness, Exserohium turcicum

Citação

Coleções