Produção de vitelos a partir de bezerros leiteiros mestiços e da raça Holandesa

Resumo

In this study, it was evaluated the productive performance of nine Zebu × Holstein crossbred calves in comparison with nine Holsteins calves for veal production. All animals were maintained in the similar environmental conditions, management and feeding, with individual measurement of dry matter intake. The evaluation measurements of the development of animal, as feed conversion ratio make possible to compare between the treatments, using a completely randomized design. The Zebu × Holstein calves showed higher values of hearth girth growth (23.3 cm) and average weight gain (1.45 kg), and also better feed conversion ratio (2.77 kg DM/kg BW), as compared to Holstein calves with 18.5 cm of hearth girth growth, 1.16 kg of average weight gain and feed conversion of 3.48 kg DM/kg BW, respectively. There was no difference for dry matter intake among the evaluated animals. As for production cost of the veal meat production, crossbred animals showed a lower cost per kilogram of produced meat. The results indicate the best potential of veal production from Zebu × Holstein calves, as a complementary activity of milk production. Neste trabalho foi avaliado o desempenho produtivo de nove animais jovens Zebu × Holandês em comparação a nove animais da raça Holandesa para produção de vitelos. Todos os animais foram mantidos em condições idênticas de ambiente, manejo e alimentação, com acompanhamento individual da ingestão de matéria seca. As medidas de avaliação do desenvolvimento animal, conversão e eficiência alimentar possibilitaram comparações entre os tratamentos, a partir de delineamento inteiramente casualizado. Os bezerros Zebu × Holandês apresentaram maior ganho de perímetro torácico (23,3 cm) e ganho de peso diário (1,45 kg), além de conversão alimentar (2,77 kg de MS/kg de peso corporal), se comparados aos bezerros da raça Holandesa, com, respectivamente, 18,5 cm de perímetro torácico, 1,16 kg de ganho de peso diário e conversão alimentar de 3,48 kg de MS/kg de peso corporal. Não houve diferença na ingestão de matéria seca entre os animais avaliados. Quanto ao estudo econômico da produção de carne de vitelo, os animais mestiços apresentaram o menor custo de produção por quilo de carne produzida e, conseqüentemente, o melhor potencial de produção de vitelos a partir de animais Zebu × Holandês, como atividade complementar à produção de leite.


Descrição

Assunto

bovinos jovens, conversão alimentar, eficiência alimentar, ganho de peso, feed conversion, feed efficiency, young steers, weight gain

Citação

Coleções