Estimativas de parâmetros genéticos e de ganhos direto e indireto à seleção para características de crescimento de machos e fêmeas da raça Canchim

Data

2007

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

The objective of this study was to estimate heritability and genetic correlations for body weight at birth (BW), weaning (WW), twelve (W12) and eighteen (W18) months of age, weight gains from birth to weaning (DGBW) and from birth to eighteen months of age (DGB18), days to 175 kg from birth to weaning (D175 = 175/DGBW), days to 450 kg from birth to slaughter (D450 = 450/DGB18) and female mature body weight (ABW) using data from a herd of Canchim (5/8 Charolais + 3/8 Zebu) cattle. Univariate and bivariate models including the fixed effects of year and month of birth, sex of calf, year and month of calving, age at calving, age of dam as a covariate (linear and quadratic components) and additive, maternal, permanent environmental and residual random effects were fitted by REML. Heritability estimates obtained by univariate analyses were 0.41 (BW), 0.28 (WW), 0.38 (W12), 0.28 (W18), 0.26 (DGBW), 0.30 (DGB18), 0.23 (D175), 0.23 (D450), and 0.48 (ABW). Genetic correlation estimates ranged from 0.28 to 0.97 between body weight traits, from 0.11 to 0.97 between body weight traits and weight gains, from 0.00 to -0.98 between body weight traits and D175 and D450, and from -0.63 to -0.98 between weight gains and D175 and D450. Genetic correlation estimates were 0.69 between DGBW and DGB18, and 0.76 between D175 and D450. Genetic progress for growth in Canchim cattle is possible by direct as well as by indirect selection on any trait evaluated in this study. Neste trabalho, objetivou-se estimar as herdabilidades e as correlações genéticas entre os pesos ao nascimento (PN), à desmama (P240), ao ano (P365) e ao sobreano (P550), os ganhos de peso do nascimento à desmama (GND) e do nascimento ao sobreano (GN18), o número de dias para ganhar 175 kg do nascimento à desmama (D175) e para ganhar 450 kg do nascimento ao abate (D450) de machos e fêmeas, o peso adulto (PAD) de fêmeas em um rebanho da raça Canchim visando à definição de critérios de seleção. Foram realizadas análises unicaracteres e bicaracteres pelo método da máxima verossimilhança restrita livre de derivadas utilizando-se modelos estatísticos que incluíram os efeitos fixos de ano e mês de nascimento, sexo do animal, ano e mês do parto, idade do animal ao parto e idade da mãe como covariável (efeitos linear e quadrático), além dos efeitos aleatórios aditivo direto e materno, de ambiente permanente e residual, dependendo da característica. As estimativas de herdabilidade obtidas pelas análises unicaracteres foram iguais a 0,41 (PN), 0,28 (P240), 0,38 (P365), 0,28 (P550), 0,26 (GND), 0,30 (GN18), 0,23 (D175), 0,23 (D450) e 0,48 (PAD), enquanto as estimativas de correlação genética obtidas por análises bicaracteres variaram de 0,28 a 0,97 entre os pesos, de 0,11 a 0,97 entre pesos e ganhos de peso, de 0,00 a -0,98 entre pesos e dias para atingir determinado peso, e de -0,63 a -0,98 entre os ganhos de peso e dias para atingir determinado peso e iguais a 0,69 para GND e GN18 e 0,76 para D175 e D450. Estas estimativas sugerem a possibilidade de se obter progresso genético pela seleção para todas as características estudadas e que a seleção para qualquer uma delas deverá provocar mudanças nas outras.


Descrição

Assunto

bovinos de corte, correlação genética, herdabilidade, ganho de peso, peso, beef cattle, body weight, genetic correlation, heritability, weight gain

Citação

Coleções