Influência de métodos de debicagem e do tipo de bebedouro no desempenho e na qualidade dos ovos de codornas japonesas

Resumo

A total of 672 one day old- female quails was allotted to a completely randomized experimental design, with three treatments (non-trimmed birds; 1/3 of the beak trimmed and cauterized beak), 8 replicates of 28 birds to evaluate the effect of beak trimming and drinking system on productive performance. The birds were beak trimmed at 21 days of age, and at day 35 the weight gain, feed intake, feed conversion and mortality were evaluated. At day 39, 576 quails were transfered to laying cages, and assigned to a 3x2 factorial arrangement, to evaluate three beak trimming methods and two drinking systems (cup and nipple) by using four replicates of 24 birds each. The production phase started when the birds reached 50% egg production, at 60 days of age. The quails submitted to beak trimming by cauterization showed smaller weight and lower feed intake during the initial period. Stress pain due to the cauterized beak can justify not only lower feed intake and lower weight gain, but also increased mortality. It can be inferred that once this method takes more time it has caused more pain and higher levels of stress, worsening the performance of birds. The trimmed to 1/3 of the beaks cut can have caused stress to the birds less intense, without effect on performance. No differences on bird performance and egg quality were observed between drinking systems and beak trimming during the laying phase. In the initial phase, beak trimming system reduced performance, however, during the production phase, both drinking and beak trimming systems do not affect performance and egg quality of Japanese quails. Com o objetivo de avaliar o efeito da debicagem e do tipo de bebedouro sobre o desempenho produtivo de codornas japonesas, 672 fêmeas de codornas de um dia foram usadas em um delineamento inteiramente casualizado e distribuídas em um dos três tratamentos como não-debicagem; debicagem até 1/3 dos bicos; e cauterização, com oito repetições de 28 aves na fase de cria. As aves foram debicadas aos 21 dias de idade e, no 35 dia, foram avaliados o ganho de peso, o consumo de ração, a conversão alimentar e a taxa de mortalidade. Aos 39 dias, 576 codornas foram remanejadas para gaiolas de postura, distribuídas em esquema fatorial 3 × 2, composto de três tipos de debicagem e dois tipos de bebedouro (taça e nipple), de modo que cada combinação foi avaliada com quatro repetições de 24 aves. A fase de produção teve início quando as aves atingiram 50% de produção de ovos, aos 60 dias de idade. As codornas submetidas a debicagem por cauterização apresentaram menor ganho de peso e menor consumo de ração na fase de cria. O estresse pela dor com a debicagem por cauterização pode justificar não só o menor consumo e o menor ganho de peso, como também a maior mortalidade. Infere-se que este método, por ser mais demorado, tenha provocado mais dor e maior nível de estresse, piorando o desempenho das aves. A debicagem de 1/3 dos bicos cortados pode ter ocasionado estresse menos intenso às aves, não interferindo no desempenho. Não se observaram diferenças no desempenho das aves e na qualidade de ovos entre os tipos de bebedouro e métodos de debicagem utilizado na fase de produção. O método de debicagem por cauterização influencia o desempenho de codornas na fase de cria, mas, na fase de produção, assim como o tipo de bebedouro utilizado, não interfere no desempenho das aves nem na qualidade de ovos.


Descrição

Assunto

cauterização, coturnicutura, manejo, nipple, taça, cauterized beak, cup, management, nipple, quail rearing

Citação

Coleções