Resposta de cultivares de trigo (Triticum aestivum L.) ao controle químico das principais doenças fúngicas da cultura

Data

2006

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

Leaf rust, leaf spot or brown spot and powdery mildew, caused by Puccinia recondita tritici, Bipolaris sorokiniana and Blumeria graminis tritici, respectively, are wheat diseases that may severely decrease crop yield. Several practices are recommended for the control of these diseases such as cultivar resistance, planting at a suitable time, and chemical control, without which the crop frequently becomes uneconomical. The objective of the present work was to evaluate, under field conditions, the response of six wheat cultivars, IAC 24, IAC 289, IAC 350, IAC 362, IAC 364 and IAC 370, in four experiments, carried out from 2000 to 2003 at Capão Bonito, State of São Paulo, Brazil. The experiments were set out in a randomized block design with four replications, and analyzed as a 2 x 6 factorial, being fungicide treatment (with and without) the factor 1 and cultivar the factor 2. Severity of the diseases was graded in a scale that ranged from 0 to 9, (0 = without symptoms and 9 > 60% of the foliar area affected by disease). Grain yield and the thousand kernel weight (TKW) were also assessed in each experiment. Powdery mildew was only observed in 2000, but leaf rust was detected in all years in high severity indexes (30 to 60% of leaf area affected by the disease). Leaf spot, detected in the last three years, from 2001 to 2003, showed the highest severity indexes in the rainiest year, 2001 (up to 60 % of the leaf affected by the disease). In all years the fungicides were efficient to control the diseases in all experiments and resulted in higher TKW and in grain yield increases. The cultivars with the longest crop cycles, IAC 370, IAC 289 and IAC 350, had the highest responses in yield to the chemical control, despite the fact that the last two cultivars were less affected by the diseases in the control plots, showing that not only cultivar resistance, but the crop cycle and the yield potential, characteristic of each cultivar, were important in the response to the chemical control. Doenças do trigo, como a ferrugem-da-folha, a helmintosporiose e o oídio, causadas por Puccinia recondita, Bipolaris sorokiniana e Blumeria graminis tritici, respectivamente, podem reduzir severamente o rendimento da cultura. Diversas medidas são preconizadas para o controle das mesmas, entre as quais o emprego de cultivares resistentes, na época adequada, e o controle químico, sem o qual, freqüentemente, a cultura torna-se inviável economicamente. No presente trabalho avaliou-se, em condições de campo, a resposta a aplicações de fungicidas de seis cultivares de trigo, IAC 24, IAC 289, IAC 350, IAC 362, IAC 364 e IAC 370, em quatro experimentos instalados nos anos de 2000 a 2003, em Capão Bonito, Estado de São Paulo. Os ensaios foram realizados em delineamento em blocos ao acaso, com 4 repetições, e analisados, a cada ano, em esquema fatorial, 2 x 6, sendo fungicida o fator 1 (com e sem) e cultivar o fator 2. As pulverizações, duas ou três, foram iniciadas quando a ferrugem-da-folha atingiu entre 10 e 15% de incidência, e repetidas após aproximadamente 15 dias. Avaliou-se a severidade das doenças por meio de uma escala de notas, que variou de 0 a 9 sendo 0 ausência de sintomas e 9 maior que 60 % de área de tecido foliar afetado pelas doenças, além do peso de mil sementes (PMS) e do rendimento. O oídio foi encontrado apenas em 2000, a ferrugem-da-folha em todos os anos em elevados índices de severidade (30 a 60% de área foliar afetada) e a helmintosporiose ocorreu nos três últimos anos, 2001 a 2003, apresentando os maiores índices de severidade em 2001 (até 60 % de área foliar afetada), o ano mais chuvoso. Em todos os anos os tratamentos químicos proporcionaram controle das doenças, aumentos no PMS e no rendimento. Nos anos mais favoráveis para a cultura, 2002 e 2003, o retorno em rendimento foi maior. As cultivares de ciclo mais longo, IAC 370, IAC 289 e IAC 350, foram as que mais responderam à aplicação do fungicida, embora as duas últimas tenham apresentado os menores índices de severidade das doenças, indicando que não só a resistência, mas fatores como o ciclo e características de produtividade intrínsecas a cada cultivar podem ser importantes na resposta ao controle químico.


Descrição

Assunto

Bipolaris sorokiniana, Puccinia recondita tritici, Blumeria graminis tritici, peso de mil sementes, rendimento, Bipolaris sorokiniana, Puccinia recondita tritici, Blumeria graminis tritici, a thousand seed weight, yield

Citação

Coleções