Desenvolvimento e produtividade do maracujazeiro-amarelo enxertado em três porta-enxertos

Resumo

The objective of work was to evaluate the vegetative growth and yield of yellow passion fruit grafted on three rootstocks in area without description of premature death of plants. The experiment was carried in Adamantina, SP, Brazil, from April 2006 to June 2007, adopting the experimental design in randomized blocks in a 3 x 2 factorial scheme and an additional treatment, with four replicates. The studied factors were three rootstocks: Passiflora edulis, P. alata and P. gibertii, in two types of grafting, hypocotyledonary and conventional, by cleft grafting method and one additional treatment, no grafted. It was used the yellow passion fruit (Passiflora edulis Sims) as graft. The variables evaluated were: rootstocks and grafts stem diameter, internode length, secondary branches length, tertiary branches number, fruits number, fruits weight, aerial portion fresh and dry weight. It was observed that the three studied species can be used as rootstocks for the yellow passion fruit, with different levels of compatibility. The specie P. edulis demonstrated to greater compatibility as rootstock. Plants grafted on P. gibertii presented lower vigor, fruits with lower weight and lower yield. The hypocotyledonary grafting resulted bigger mass of fruits an greater yield in yellow passion fruit. O objetivo deste trabalho foi avaliar o desenvolvimento vegetativo e a produtividade do maracujazeiro-amarelo (Passiflora edulis Sims) enxertado sobre três porta-enxertos em área sem histórico de morte prematura de plantas. O experimento foi conduzido no município de Adamantina-SP, no período de abril de 2006 a junho de 2007, adotando-se o delineamento em blocos ao acaso, em esquema fatorial 3 x 2 + 1 tratamento adicional, com quatro repetições. Os fatores avaliados foram três porta-enxertos: Passiflora edulis, P. alata e P. gibertii, em dois sistemas de enxertia, a hipocotiledonar e a convencional por garfagem tipo fenda cheia, e um tratamento adicional, sem enxertia. Utilizou-se como copa o maracujazeiro-amarelo (Passiflora edulis Sims). Avaliaram-se o diâmetro do caule do porta-enxerto, o diâmetro do caule do enxerto, o comprimento de entrenó, o comprimento dos ramos secundários, o número de ramos terciários, o número de frutos, a massa média de frutos, a produtividade e as fitomassas verde e seca das plantas. Observou-se que as três espécies estudadas podem ser utilizadas como porta-enxertos para o maracujazeiro-amarelo, com diferentes níveis de compatibilidade. P. edulis demonstrou maior compatibilidade como porta-enxerto por apresentar-se superior aos demais na maioria dos parâmetros analisados. Plantas enxertadas sobre P. gibertii apresentaram menor vigor, menor crescimento vegetativo, frutos com menor massa e menor produtividade. A enxertia hipocotiledonar resultou em maior massa média de frutos e maior produtividade no maracujazeiro-amarelo.


Descrição

Assunto

Passifloraceae, maracujá-amarelo, enxertia, frutificação, Passifloraceae, yellow passion fruit, graft, fructification

Citação

Coleções