Adaptabilidade e estabilidade de genótipos de amendoim de porte rasteiro

Resumo

The performance of peanut (Arachis hypogaea L.) genotypes was assessed using three different adaptability and stability methods. Eighteen lines and two cultivars, Runner IAC 886 and IAC Caiapó, were evaluated for pod yield (PY) and one hundred kernel weight (HKW), in ten field trials in the State of São Paulo, using ecovalance, Eberhart & Russel and Lin & Binns methods. Significant differences for genotype (G), environment (E) and interaction (GxE) effects were observed for both variables. The lines L123, L137 and L150 were most productive and showed stable and predictable behavior. Lin & Binns methods was more sensitive for PY and HKW, while the Eberhart & Russel method was more useful for indicating lines with broad and specific adaptability to environmental conditions. Moreover, the Lin & Binns and Eberhart & Russel methods were more informative than ecovalance in predicting the behavior of genotypes for those two characteristics. Negative correlation between PY and Pi parameter, and positive correlation between deltaij and omegaI were found. Negative correlation was observed between one HKW and Pi, and between Pi and omegai. O comportamento produtivo de genótipos de amendoim (Arachis hypogaea L.) foi avaliado a partir de três diferentes métodos de adaptabilidade e estabilidade. Foram avaliadas 18 linhagens e as cultivares Runner IAC 886 e IAC Caiapó, quanto à produtividade de vagens (PV) e peso de 100 grãos (P100G), em dez ensaios de campo, no Estado de São Paulo, utilizando-se os métodos de ecovalência, Eberhart & Russel e Lin & Binns. Foram observadas diferenças significativas para o efeito de genótipo (G), ambiente (E) e interação (GxE), para as duas variáveis. As linhagens L123, L137 e L150 foram as mais produtivas, com comportamento estável e previsível. O método de Lin & Binns mostrou-se mais discriminante na avaliação da PV e do P100G, enquanto o método de Eberhart & Russel foi mais útil na indicação das linhagens com adaptabilidade ampla ou específica a determinados ambientes. Os métodos de Lin & Binns e de Eberhart & Russel foram mais informativos que o de ecovalência, na predição do comportamento das linhagens para as duas características. Foi encontrada correlação negativa entre a PV e o parâmetro Pi, e positiva entre deltaij e ômegai. Para P100G, detectaram-se as mesmas correlações de PV, além da correlação negativa entre Pi e ômegai.


Descrição

Assunto

Arachis hypogaea, interação genótipo e ambiente, produtividade, Arachis hypogaea, genotype and environment interaction, yield

Citação

Coleções