Gas exchanges and carbohydrate metabolism in orangetrees with citrus variegated chlorosis

Resumo

Gas exchanges, sucrose, starch and reducing sugar contents were analyzed in leaves of orange trees with and without Citrus Variegated Chlorosis (CVC), a disease caused by the bacteria Xylella fastidiosa. Healthy plants (HP) and diseased plants (DP) were evaluated 20 and 26 months after bacterial inoculation, in October 1998 and April 1999, respectively. On the first evaluation date, CO2 assimilation rates for HP were greater than DP in the early morning and midday, but on the second date they were greater in HP all along the day. On the first date, there was an increase in the sucrose content of DP at 15:00 h and 17:00 h in relation to HP. On the second evaluation date, DP presented greater reducing sugar content only in the early morning while sucrose content showed a decrease at 15:00 h. Also, on the second date, the concentrations of starch were always lower for DP compared to HP. It is suggested that this variation in starch levels might be related to energy availability in DP, as they also showed lower photosynthetic rates. Soluble sugars did not show any correlation with the disease and photosynthetic parameters. As trocas gasosas e as concentrações de sacarose, amido e açúcares redutores foram analisadas em folhas de laranjeiras com e sem Clorose Variegada dos Citros (CVC), doença causada pela bactéria Xylella fastidiosa. Plantas sadias (PS) e plantas doentes (PD) foram avaliadas 20 e 26 meses após a inoculação da bactéria, em outubro de 1998 e abril de 1999, respectivamente. Na primeira data de avaliação, as taxas de assimilação de CO2 em PS foram maiores do que em PD nas primeiras horas da manhã e ao meio-dia, mas na segunda data de avaliação elas foram maiores em PS durante o dia todo. Na primeira data, houve aumento no conteúdo de sacarose de PD às 15 h e 17 h em relação ao de PS. Na segunda data, PD mostrou maior conteúdo de açúcares redutores somente no período da manhã, enquanto o conteúdo de sacarose apresentou decréscimo às 15 h. Na segunda data, as concentrações de amido foram sempre menores em PD, quando comparadas com as de PS. As variações de amido podem estar relacionadas com a disponibilidade de energia para atividades metabólicas de PD, uma vez que elas também apresentaram taxas de fotossíntese mais baixas. Os teores de açúcares solúveis não mostraram qualquer relação com a doença ou parâmetros de fotossíntese.


Descrição

Assunto

açúcares redutores, amido, Citrus sinensis L., fotossíntese, sacarose, Xylella fastididosa, Citrus sinensis L., photosynthesis, reducing sugars, starch, sucrose, Xylella fastidiosa

Citação

Coleções