Variáveis morfogênicas e estruturais de azevém anual (Lolium multiflorum Lam.) manejado sob diferentes intensidades e métodos de pastejo

Resumo

The trial was conducted to determine the influences of grazing intensity and grazing method on morphogenetic (leaf elongation rate, leaf appearance rate, leaf lifespan) and structural (number of green leaves, length of leaves and tiller density) traits in italian ryegrass sward. The experimental treatments stemmed from a 2 x 2 factorial combination of two grazing intensities and two grazing methods (continuous and rotational). The experimental design was completely randomized block with four replications. Thirty tillers were marked per experimental unit. The grazing intensity brought about differences in the morphogenic and structural traits of the sward. Low grazing intensity resulted in higher leaf elongation rate and in lower tiller density, higher length of leaves and higher number of live leaves per tiller. The grazing methods influenced the morphogenetic and structural traits. Continuous grazing resulted in higher leaf elongation rate, higher leaf appearance rate, longer leaf lifespan in the first grazing cycle, and in higher tiller density. There was a grazing intensity by grazing cycle interaction. It is concluded that grazing intensity and grazing method exert marked effect on the morphogenetic and structural traits of the grazed sward. Um experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar a influência de intensidades e métodos de pastejo nas características morfogênicas (taxa de elongação de folhas, taxa de surgimento de folhas, tempo de vida da folha) e estruturais (número de folhas verdes, comprimento de folhas e densidade populacional de perfilhos) de azevém em dois ciclos de avaliação. Os tratamentos experimentais consistiram de duas intensidades e dois métodos de pastejo (contínuo e rotacionado), em um delineamento em blocos completamente casualizados, em arranjo fatorial com quatro repetições. Foram marcados 30 perfilhos por unidade experimental. As intensidades de pastejo foram responsáveis pelas diferenças encontradas na taxa de elongação de folhas (intensidade baixa resultou em maior taxa de elongação) e nas características estruturais (intensidade baixa resultou em menor densidade populacional de perfilhos, maior comprimento e maior número de folhas vivas por perfilho). Os métodos de pastejo influenciaram as características morfogênicas (o pastejo contínuo resultou em maior taxa de elongação de folhas, mais alta taxa de surgimento e maior tempo de vida das folhas no primeiro ciclo de observação) e estruturais (o pastejo contínuo resultou em maior densidade populacional de perfilhos). Observou-se interação intensidades de pastejo x ciclos de avaliação. A forma de condução do processo de desfolhação, por meio do controle de intensidades e métodos de pastejo, afeta as características morfogênicas e estruturais da pastagem.


Descrição

Assunto

estrutura da pastagem, morfogênese, oferta de forragem, pastejo contínuo, pastejo rotacionado, perfilhos marcados, continuous grazing, herbage allowance, marked tillers, morphogenesis, pasture structure, rotational grazing

Citação

Coleções