Aplicação de boro em bananeira

Resumo

The fertilization with micronutrients is poorly studied for banana production, especially boron (B) application, which affects the development of apical meristems. This experiment aimed to study responses of B fertilization with different rates and application methods in banana plant 'Grande Naine'. The experimental design was in randomized block and factorial scheme with three rates (0.85, 1.70 and 3.40 g plant-1) and three fertilizer application methods (soil, leaves and tiller hole chopped) and a control, without B application, using boric acid as the source of B. Treatments effects were evaluated by B availability on soil, plant grown, plant nutritional status and by the yield. Treatments effects were submitted to variance analysis and when significant it was adjusted by regression equations. The B application on soil and in the leaves increased this micronutrient content in topsoil (between 1.0-1.5 mg kg-1, with the highest rate of the nutrient) and a corresponding increase up the soil layer to 20-40 cm, as a result of leaching. The contribution of foliar fertilization increasing the content in the soil was due to the washing and by draining the fertilizer solution from the leaves to the soil surface. Moreover, there was no effect of B availability in the soil when the fertilizer was applied in the tiller hole chopped (~0.3 mg kg-1 of B). It was also verified that there were no effects of B application on banana plant growth (height and pseudostem diameter) at the blooming stage. In leaf samples, collected each 15 days, it was observed that when the micronutrient was applied in the tiller hole chopped, leaf B concentration was higher and lasted up for one month. However, in the last foliar sampling (at blooming) it was observed that there was no effect of application methods on leaf B concentration (~20 mg kg-1). There were no effects of fertilization in yield according to rates and application methods of B, but the application on the tiller hole chopped promoted an increased accumulation of this micronutrient in the bunch due to the applied rates. Under the conditions of this experiment, it can be concluded that B application did not influenced the development and production of banana plant 'Grande Naine' according to the rates and application methods of this micronutrient. A fertilização de bananeiras com micronutrientes é pouco estudada, principalmente a aplicação de boro (B) que apresenta funções ligadas ao desenvolvimento de meristemas apicais. Desta forma, o objetivo do presente trabalho foi estudar as respostas da adubação com B em diferentes doses e formas de aplicação em bananeira 'Grande Naine'. Utilizou-se delineamento experimental em esquema fatorial com três doses (0,85; 1,70 e 3,40 g planta-1) e três formas de aplicação do fertilizante (solo, folhas e orifício do perfilho desbastado), utilizando-se de ácido bórico como fonte de B, mais uma testemunha sem aplicação de B. Avaliaram-se os efeitos dos tratamentos na disponibilidade do B no solo, no desenvolvimento, no estado nutricional e na produção de frutos das bananeiras. A aplicação de B no solo e nas folhas aumentou a disponibilidade do micronutriente na camada superficial do solo (entre 1,0-1,5 mg kg-1, para a maior dose do nutriente) e correspondente aumento até 20-40 cm, como resultado da lixiviação. A contribuição da adubação foliar no aumento do teor no solo deveu-se à lavagem e ao escorrimento da solução fertilizante das folhas para a superfície do solo. Por outro lado, não houve efeito do B quando aplicado no orifício do perfilho desbastado (~0,3 mg kg-1 de B). Também, verificou-se que não houve efeitos da aplicação de B no desenvolvimento da bananeira (altura e diâmetro do pseudocaule) medidos após a emissão da inflorescência. Nas amostragens quinzenais, os teores foliares de B, quando aplicado no orifício do perfilho desbastado, foram maiores e prolongaram-se por até um mês após a aplicação na bananeira. Porém, na última amostragem foliar (emissão da inflorescência), não houve efeito da forma de aplicação nos teores foliares de B (~20 mg kg-1). Não foram observados efeitos da fertilização na produção de frutos em função das doses e formas de aplicação do B, porém a aplicação no orifício do perfilho desbastado promoveu acúmulo do micronutriente no cacho. Nas condições deste trabalho, concluiu-se que a aplicação de B não influenciou no desenvolvimento e na produção da bananeira 'Grande Naine' em função das doses e formas de aplicação do micronutriente.


Descrição

Assunto

Musa spp., forma de aplicação, micronutriente, Musa spp., application methods, micronutrient

Citação

Coleções