Desenvolvimento ponderal de bezerras desmamadas em pastejo de Brachiaria decumbens com suplementação protéica e energética

Data

2005

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

The concentrate supplementation effect upon ponderal performance of calves during the year (dry and wet seasons) was evaluated. Thirty-six Santa Gertrudis calves averaging 194 kg of live weight, with 290 days of age, grazing Brachiaria decumbens pasture, were used in a complete randomized design. The following supplements have been added ad libitum, fed during the experimental period: mineral mix, supplement based on degradable protein, during dry season, and supplement based on non-degradable protein (escape protein), during wet season. Results on average daily gain demonstrated a significant difference between treatments. The average daily gains were 0.504 and 0.561 kg animal-1 day-1 for the non-supplemented group (control group, fed mineral mix only), and supplemented group, respectively. During dry season, supplemented calves showed significantly higher average daily gain, and during wet season there was no difference. Pasture supplementation did not present bioeconomic advantage, then its use could not be recommended. In both treatments, calves reached the average weight limit, for first mating, at nearly 14 months of age. Foi avaliado o efeito da suplementação a pasto, com concentrados fornecidos durante o ano (períodos de seca e águas), sobre o desenvolvimento ponderal de bezerras desmamadas. Foram utilizadas 36 bezerras da raça Santa Gertrudis, com média inicial de idade de 290 dias, média de peso vivo de 194 kg, mantidas em pasto de Brachiaria decumbens, distribuídas em um delineamento inteiramente casualizado, com dois tratamentos e 18 repetições. Foi oferecida mistura mineral o ano todo, ou suplemento com maior nível de proteína degradável na seca, e não-degradável nas águas. Os resultados obtidos para a média diária de ganho de peso vivo indicaram uma diferença significativa entre os tratamentos. O ganho de peso vivo, durante o ano, para o lote testemunha, foi de 0,504 kg animal-1 dia-1 e, para o lote suplementado foi de 0,561 kg. No período de seca, o ganho de peso vivo foi significativamente maior para os animais suplementados e, no período das águas não ocorreu diferença. A suplementação a pasto não apresentou vantagens bioeconômicas para se recomendar o seu uso. Nos dois tratamentos as bezerras alcançaram média de peso limite, para primeira cobertura, com idade próxima a 14 meses.


Descrição

Assunto

bezerras de corte, ganho de peso, pasto, proteína degradável, suplemento, beef calves, weight gain, pasture, degradable protein, supplement

Citação

Coleções