Effect of implant crestal position on primary stability before and after loading: an in vitro study

Resumo

Abstract Introduction Primary stability is one of the goals of modern implant dentistry and if achieved, reduces treatment time for prosthetic rehabilitation and the number of interventions made in patients mouth. Several companies state as protocol for connical conection implants, a subcrestally positioning. Objective This in vitro study aimed to evaluate the effect of placing a conical connection implant equicrestally and subcrestally on static and loading condition in two types of bone density. Material and method A total of 200 bone cylinders were extracted from femur of pigs, standardized by means of x-rays and computerized microtomography scan (microCT) and separated in low and high density specimens. The implants were placed on the center of the bone cylinders and were evaluated before and after loading by means of microCT and histomorphometry. Result The results showed that placing the evaluated implant subcrestally provided better primary stability and performance on static and loading situations on low and high density bone. Conclusion Placing implant subcrestally improve primary stability outcomes under loading and static situations. Resumo Introdução A estabilidade primária é um dos objetivos da implantodontia moderna e, caso atingida, reduz o tempo de tratamento para a reabilitação protéticas e o número de intervenções realizadas. Diversas empresas preconizam a posição subcrestal no uso de implantes com conexão cônica interna. Objetivo Este estudo in vitro avaliou o efeito do posicionamento de implantes de conexão conica interna sub e equicrestal sob condições estáticas e em função, considerando dois tipos de densidades ósseas. Material e método um total de 200 espécimes de osso extraído do femur de suínos e padronizados por meio de radiografias e microtomografias computadorizadas foram separados em densidade alta e baixa. Implantes foram instalados no centro dos especimes e for a avaliados por meio de microCT e histomorfometria. Resultado Os resultados demonstraram que a colocação de implante subcrestalmente promoveu melhor estabilidade primária e performance em todas as situações, irrespectivamente à densidade óssea. Conclusão A colocação de implantes subcrestalmente melhora a estabilidade primária em todas as situações, sendo indicada quando da utilização de conexões cônicas internas.


Descrição

Assunto

Implantes dentais, técnica in vitro, microtomografia, teste de arrancamento, Dental implants, primary stability, in vitro techniques, X-Ray microtomography, pull out test

Citação

Coleções