Efeito do calcário e do fósforo na produtividade de grãos e seus componentes nos cultivares de trigo

Resumo

The knowledge of the interactions among wheat genotypes (Triticum aestivum L.) and factors that affect grain yield (lime, fertilizer, water) is important for an adequate choice of cultivars and definition of a proper fertilization. The objective of this work is to study the variability of grain yield and yield components among wheat materials in response to lime and phosphorus application. The experiments were carried out annually, from 1987 to 1995, at the Itararé Experimental Station, Instituto Agronômico, Campinas, State of São Paulo, Brazil under dryland condition. A complete randomized block design in a split-split plot arrangement with 4 replications was used. The main plots contained three rates of lime (0; 6.5, and 13 t.ha-1), the split plots three rates of phosphorus (0, 30, and 90 kg.ha-1 of P2O5 ), and the split split plots four wheat genotypes (‘IAC-5’, ‘IAC-24’, ‘IAC-60’, and ‘Anahuac’). The results showed that in acid and low-fertility conditions, the IAC-60 and IAC-5 genotypes surpassed the other materials in relation to grain yield, ear length, components of the grain yield and harvest index. The genotype IAC-60 was more responsive to lime and phosphorus. Grain yield, ear length, grain yield components and harvest index were more affected by P than by lime application. Grain yield correlated better with number of grains by ear than with other evaluated features. Considering grain yield, the genotype IAC-60 was more productive and more responsive, IAC-5 more productive but less responsive and IAC-24 and Anahuac less productive. The use of genotypes tolerant to soil acidity and adapted to low fertility but responsive to lime and fertilizer can make feasible wheat cultivation in low-fertility soils with less investment. O conhecimento da interação genótipos de trigo comum (Triticum aestivum L.) e fatores da produtividade de grãos (calcário, adubos, água e outros) é importante para escolha adequada de cultivares e insumos. O objetivo deste trabalho é verificar se existem diferenças entre genótipos de trigo quanto à resposta ao calcário e ao fósforo em relação à produtivi-dade de grãos e seus componentes, ao comprimento da espiga e ao índice de colheita. Por nove anos, instalaram-se experimentos em um mesmo local, na Estação Experimental de Agronomia de Itararé. Efetuaram-se os experimentos sob condição de sequeiro e em sucessão ao pousio ou à soja. O delineamento estatístico foi o de blocos casualizados, em parcela subsubdividida, com quatro blocos. A parcela foi constituída por três doses de calcário (0, 6,5 e 13 t.ha-1); a subparcela, por três doses de fósforo (0, 30 e 90 kg.ha-1 de P2O5) e as subsubparcelas, por quatro genótipos (‘IAC-5’, ‘IAC-24’, ’IAC-60’ e ‘Anahuac’). A interação fósforo-calcário foi significativa, apresentando um efeito associativo positivo. O genótipo IAC-60 mostrou-se mais produtivo em condições de solo ácido e deficiência de fósforo e mais responsivo à calagem e à adubação fosfatada; o ‘IAC-5’ foi mais produtivo e menos responsivo, e o ‘IAC-24’ e o ‘Anahuac’, menos produtivos e responsivos. O fósforo foi o fator que mais afetou a produtividade de grãos e seus componentes (número de espiguetas por espiga, número de grãos por espigueta e por espiga, massa da matéria seca de 100 grãos) e comprimento da espiga, ao passo que a calagem afetou mais o índice de colheita. O número de grãos por espiga foi o componente que melhor se relacionou com a produtividade de grãos.


Descrição

Assunto

trigo, genótipo, calcário, fósforo e componentes da produtividade de grãos, wheat, lime, phosphorus, grain yield, wheat yield components

Citação

Coleções