Intoxicação de vacas leiteiras por farelo de algodão naturalmente contaminado com aflatoxinas

Data

2004

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

Aflatoxin M1 is a toxic metabolic from aflatoxin B1, which is excreted in milk after the cows receive contaminated feed. The dairy cows in a farm in Itú city, São Paulo state, Brazil, were fed with cottonseed meal naturally contaminated with aflatoxin. The aflatoxins B1, B2, G1 and G2 were identifiedby TLC and quantified by fotodensitometry and the results were 43.5; 15.2; 9.1 and 8.6ng.g-1 respectively. The milk from these cows was also analyzed by higth performance liquid chromatography (HPLC) and 0.64ng.mL-1 aflatoxin M1 was quantified. The aflatoxins concentration were higher than the brazilian low permit, and this should be a damage to public health. Aflatoxina M1 é um dos metabólitos tóxico da aflatoxina B1, excretada pelo leite de animais que ingerem alimentos contaminados. O presente trabalho descreve o caso de uma fazenda produtora de leite na região de Itú, São Paulo, onde os animais foram alimentados com farelo de algodão naturalmente contaminado com as aflatoxinas. As aflatoxinas B1, B2, G1 e G2 foram identificadas por CCD e quantificadas por fotodensitometria nas concentrações de 43,5; 15,2; 9,1 e 8,6ng.g-1 respectivamente. O leite destes animais foi analisado por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE), e a aflatoxina M1 foi identificada e quantificada (0,64ng.mL-1). As concentrações encontradas para as aflatoxinas no farelo de algodão e no leite estão acima dos valores permitidos pela legislação brasileira, representando um risco à saúde pública.


Descrição

Assunto

aflatoxinas, leite, farelo de algodão, contaminação, vacas lactantes, aflatoxin, milk, cottonseed meal, contamination, dairy cow

Citação

Coleções