Preferência de oviposição de Grapholita molesta (busck) (lepidoptera: tortricidae) em cultivares de pessegueiro

Resumo

The objective of this study was to evaluate the effects of infestation by Grapholita molesta on peach cultivars. Surveys were conducted on the number of branches attacked by cultivar through visual sampling of one hundred (100) branches in four periods in the years 2004, 2005 and 2006, preferably in the spring, when outbreaks of shoots occur in peachs. The cultivars Tropical, Aurora 2, Doçura 2, Ouromel 3, Jóia 4, Talismã, Dourado 2, Aurora 1, Regis, Rei da conserva, grafted on Okinawa and Umê were evaluated. The experimental design was randomized blocks, each one consisting of ten trees, with 5 replicates, the treatments represented by the periods of sampling. There was higher infestation of peach sprouts by Grapholita molesta in the spring, 2004 for the cultivars on Okinawa, and in the spring, 2006 for the cultivars on Umê, with damages of around 14, 85% and 14.27%, respectively. From the cultivars on Okinawa, cultivars Tropical, Aurora 2 and Rei da conserva were the most damaged by the pest, whereas Aurora 2 was the cultivar on Umê, most damaged. O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento de cultivares de pessegueiro à infestação de Grapholita molesta. Para isso, foram realizados levantamentos do número de ponteiros atacados/cultivar por meio de amostragem visual em cem (100) ponteiros, em quatro períodos, durante os anos de 2004, 2005 e 2006, preferencialmente na primavera, quando ocorrem surtos de brotações no pessegueiro. Foram avaliadas as cultivares Tropical, Aurora 2, Doçura 2, Ouromel 3, Joia 4, Talismã, Dourado 2, Aurora 1, Régis e Rei da conserva, enxertadas sobre Okinawa e Umê. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, sendo cada bloco constituído por dez árvores, com 5 repetições, e os tratamentos, representados pelas épocas de amostragem. Nas condições em que foi conduzido o presente experimento, observou-se maior infestação das brotações de pessegueiros por G. molesta na primavera de 2004 a 2006 para as cultivares sobre 'Okinawa' e primavera de 2006 para as cultivares sobre Umê, com danos da ordem de 14,85% e 14,27%, respectivamente. Das cultivares sobre Okinawa avaliadas, Tropical, Aurora 2 e Rei da conserva foram as mais danificadas pela praga. Aurora 2 foi a cultivar sobre Umê mais danificada pela praga.


Descrição

Assunto

Prunus persica, mariposa-oriental, danos, infestação natural, Prunus persica, fruit moth oriental, damage, natural infestation

Citação

Coleções