Estimação da área foliar do algodoeiro por meio de dimensões e massa das folhas

Resumo

The objective of this study was to evaluate two different methods to estimate cotton leaf area (LA), based on leaf dimensions (length - L and width - W) and leaf dry mass (DM). Two cultivars, IAC 23 and Coodetec 401, were used. For leaf dimensions method, leaves were classified by age: young, heart-shape, and mature. For each age class, a leaf shape factor (LSF) was obtained by simple linear regression between L*W and LA. For leaf dry mass method, leaves were classified in new and mature and a leaf dry mass factor (LDMF) was obtained by simple linear regression between DM and LA. LA estimates the two methods were compared to LA measured in an independent sample. Good accuracy was observed with both methods, but leaf dry mass method presented a better performance with r² ranging from 0.94 to 0.98 and regression slopes between 0.97 and 1.00, when regression line was forced thought the origin. In this case there is and advantage since leaf dry mass method is less time-consuming. O objetivo deste trabalho foi avaliar dois métodos de estimação da área foliar do algodoeiro, por meio de suas dimensões e massa seca das folhas. Foram utilizadas as cultivares IAC 23 e Coodetec 401. No método que utilizou dimensões, as folhas do algodoeiro foram agrupadas em novas, cordiformes e maduras. Para cada tipo de folha, de cada cultivar, foi determinado um fator de forma (FF) por meio de análise de regressão entre o produto do comprimento (C) pela largura (L) e a área das folhas. Avaliou-se a correlação entre a área foliar estimada pelo fator FF e sua medida direta, utilizando-se dados independentes. Testou-se, ainda, um fator único para cada cultivar, independente do estádio da cultura e, também, um fator geral para as duas cultivares. No método que utilizou a massa seca, as folhas foram agrupadas em novas e maduras. Determinou-se o fator de massa seca (FM) por meio da análise de regressão entre a massa seca de folhas e respectivas áreas foliares. Em seguida, avaliou-se a correlação entre dados estimados por FM e dados medidos de forma direta, em nova amostra. O método das dimensões é viável para a estimação de área foliar do algodoeiro, por apresentar boa precisão e exatidão, com r² entre 0,71 e 0,98 e com coeficiente angular da regressão entre 0,87 e 0,95. No entanto, pelo método da massa seca, observaram-se precisão e exatidão maiores, com r² entre 0,94 e 0,98, e coeficiente angular da regressão entre 0,97 e 1,00, com a vantagem de ser menos trabalhoso.


Descrição

Assunto

Gossypium hirsutum, área foliar, estimação, índice de área foliar, Gossypium hirsutum, cotton, leaf area index, leaf dimensions and dry mass

Citação

Coleções